(54) 3045-9800 e 99999-0759 contato@antoniosevero.com.br

Cistos Ganglionares

Os nódulos que surgem na mão e no punho geralmente são cistos ganglionares, eles aparecem próximo às articulações ou tendões. Os locais mais comuns são a parte superior do punho, dorso (veja a Figura 1), o lado da palma da mão, a base do dedo no lado da palma e a parte superior da articulação do dedo. O cisto ganglionar comumente assemelha-se a um balão de água em uma haste (veja a Figura 2) e é preenchido com líquido ou gel transparente. A causa desses cistos é desconhecida, embora possam formar-se na presença de irritação nas articulações ou tendões ou alterações mecânicas. Esses cistos podem mudar de tamanho ou até desaparecer completamente, além disso, podem ou não ser dolorosos. 

Figura 1. Cisto gangliônico no dorso da mão.

Figura 2. Cisto gangliônico de dedo (mucoso).
Fonte: ATHANASIAN, Edward A. Cirurgia de La Mano.

Eles são cancerígenos?

Esses cistos não são cancerígenos e não se espalham para outras áreas.

Como realizamos o diagnóstico

É preciso analisar a aparência do nódulo e sua localização. Como características, geralmente são ovais ou redondos, de consistência macia ou firme e não estão aderidos ao tecido subjacente. Os cistos na base do dedo no lado da palma da mão são tipicamente um nódulo do tamanho de uma ervilha e sensíveis à pressão aplicada, como ao segurar. A luz frequentemente passa por esses nódulos (transiluminação) e isso pode ajudar no diagnóstico. Solicitamos radiografia para investigar se há problemas nas articulações. Importante destacar que cistos na articulação no final do dedo, usualmente, têm um esporão ósseo artrítico associado a eles.

Tratamento

Na maioria dos casos, não é necessário cirurgia, principalmente se forem indolores. Recomendamos que o paciente fique observando a evolução. No entanto, se o cisto incomodar de alguma forma, apresentar dor, dificuldade de realizar movimentos, estética inadequada, outras opções de tratamento estarão disponíveis, seja aspiração para remover o fluído de dentro do cisto e diminuir a pressão, procedimento ambulatorial ou, em últimos casos, procedimento cirúrgico minimamente invasivo. Caso o paciente sinta dor, será indicado o uso de talas e medicamentos anti-inflamatórios para diminuir a dor.

Em caso de necessidade de cirurgia, será realizada a remoção do cisto com uma porção da cápsula articular ou da bainha do tendão. No caso de cistos gangliônicos do punho, as técnicas tradicionais abertas ou artroscópicas podem produzir bons resultados. Embora o tratamento cirúrgico, geralmente, resolva o problema, os cistos podem surgir novamente. 

Como citar este material: SEVERO, Antônio. Cistos ganglionares. Passo Fundo, agosto de 2020, disponível em: www.antoniosevero.com.br, acesso em: dia, mês e ano.